Manaus: hospedagem, praias e museus (AM)

Onde é?

Manaus é a capital do estado do Amazonas, sendo a cidade mais popular do Amazonas, com mais de 2 milhões de habitantes.

20170803_151213-01
Visão do avião, estávamos a poucos minutos de pousar. Mundo Verde!
Época da viagem

Agosto-17

Desembarque e Hospedagem

Ao desembarcarmos no aeroporto, pegamos o elevador que dá acesso ao piso 0 (que é a última plataforma) e embarcamos no  ônibus executivo n.º 813, com o valor de bilhete inferior a R$ 4,00.

Outra alternativa, além de táxi e uber é utilizar o ônibus da Airport Bus Service, no valor de R$ 20,00. Esse ônibus faz paradas  nos hotéis principais na cidade (entenda por hotéis 3, 4 e 5 estrelas), o que não era  o caso do nosso hotel, aliado ao fato de que esse ônibus é bem mais caro que o municipal executivo, que passava na esquina do hotel. Para mais detalhes de todas as linhas municipais manauaras aperte no link linhas manauaras.

Nos hospedamos no Hotel São Paulo, no centro antigo de Manaus. A bem da verdade que a maioria dos hotéis do centro, eram casas de prostituição, mas com a Copa-16, foram reestruturados e passaram a ser hotéis e pousadas.

Com quarto super aconchegante, TV, ar-condicionado e geladeira, o hotel mesmo que simples nos agradou bastante. Único ponto negativo é que a ducha era de água fria, porém, como estávamos em época do verão amazônico (muito, muito quente), foi tranquilo a falta de ducha quente, porquê realmente é impossível tomar banho com água quente e até mesmo morna na terra dos manauaras.

O Pessoal do Mochilão a Dois  se hospedou num hotel de selva e fizeram um post com dicas super bacanas, mostrando todas as instalações do local e seu o dia-a-dia.

MUSA

Museu da Amazônia, fica situado numa localização periférica de Manaus, conhecida por Cidade de Deus e por isso, alguns taxistas e até mesmo uber se negam a fazer o percurso, entretanto, também existe a possibilidade de ir de ônibus público.

De fato, o bairro em que esta situado o MUSA é bem humilde e simples, mas nada que uma atenção especial ao andar pelas ruas ao sair ou entrar do MUSA não resolva.

No MUSA se tem a opção de fazer uma trilha ecológica pelo preço de R$ 10,00 e subir na torre de observação por R$ 20,00. Quando fomos, o borboletário (incluso no ingresso da Torre) estava em manutenção.

Trilha Ecológica e Torre

É guiada por um biólogo do parque e dura em média 1 hora. Passamos por um aquário com peixes típicos do Amazonas, um lago com vitória-régia, serpentário e partes da floresta.

Outro local que vimos vitória-régia é no passeio day use encontro das águas

DCIM103GOPRO
Pirarucu, Tambaqui e outras espécies
vitória
Vitória-Régia

Fomos super agraciados no dia da visita e conseguimos ver uma flor da vitória-régia. Algumas curiosidades sobre essa belezura de flor:

1-O seu nome é em homenagem a rainha Vitória que governou a Grã-Bretanha entre os séculos XIX e XX. E Regia significa Regina, do latim Rainha.

2-Tem formato de bandeja e suas folhas podem medir até 2 metros de diâmetro.

3-As flores surgem ao entardecer na cor branca, depois de polinizada pelo inseto, que a tonalidade se altera.

flor
lindo né?
cobra
Espécie Papa-Pinto
DCIM103GOPRO
Trilha
DCIM103GOPRO
Dan e árvore centenária

A sensação de caminhar pela trilha é de se sentir dentro da floresta, mesmo estando na cidade totalmente urbana.

Após finalizarmos a trilha, fomos para a torre de observação, dona de 242 degraus e 42 metros de altura, composta por 3 plataformas, nas alturas de 14, 28 e 42 m de altura,  que permitem observar todo aquele verde e os animais.

Também é possível à observação do pôr do sol, de 17h30 às 18h30, conforme a época do ano e até mesmo o céu noturno.

A torre não funciona na quarta-feira, nos demais dias das 9h às 17h, sendo que o portão se fecha as 16h. Nascer e pôr do sol, observação de aves e visitas em horários especiais devem ser agendados.

DCIM103GOPRO
Visão dos 42 metros da torre

https://www.youtube.com/watch?v=trF6cBmNqxI&_ga=2.125632714.1186223092.1523164911-547217463.1521554810

Museu do Seringal

Com certeza é o museu mega obrigatório para quem está por Manaus, trata-se de uma cidade cenográfica que retrata de forma clara e detalhada como era a exploração da borracha na cidade de Humaitá.

Como chegar?

Pegamos o ônibus circular n.º 120 (do centro de Manaus) e descemos no ponto final do bairro de Ponta Negra, de lá, uma pequena caminhada (no máximo 5 minutos) até a Marina do Davi, que é o local que saem as embarcações para o Museu do Seringal.

Pagamos o valor de R$ 12,00 (pagamento somente a dinheiro) por pessoa do trajeto da Marina para o Museu.

20170808_091048
Marina do Davi

O local 

No museu, o valor do ingresso é R$ 5,00 por pessoa. Os guias, são pessoas que moram no vilarejo (Vila Paraíso) e são incríveis, na sua maioria senhores de idade, que tem muita história para contar, além de serem super atenciosos.

DCIM104GOPRO
Parte externa do Museu
DCIM104GOPRO
Visão da área externa do Museu
DCIM104GOPRO
Lateral da casa do Coronel

O passeio começou com a casa do Coronel, rica em detalhes, inclusive foi local de gravação de um filme.

DCIM104GOPRO
Casa do Coronel
DCIM104GOPRO
Com o nosso guia Floriano
DCIM104GOPRO
Sala da casa do Coronel
DCIM104GOPRO
Quarto da Sinhazinha, filha do Coronel
DCIM104GOPRO
Cozinha
DCIM104GOPRO
Quarto do Coronel
DCIM104GOPRO
Banheiro
20170808_104240-01
Igrejinha da Cidade
DCIM104GOPRO
Extraindo a borracha
20170808_105836-01
Instrumentos para extrair a borracha
DCIM104GOPRO
Caminhada na floresta
20170808_110159-01
Cemitério da cidade
20170808_104137
Placas de venda da época do ciclo da borracha
20170808_103821
Livro-caixa de dívidas dos empregados que trabalham na fazenda
20170808_103124-01
Mercearia da Cidade
Praia da Lua

Do Museu do Seringal, pegamos o transporte fluvial público e paramos na praia da Lua. Pagamos R$ 8,00 o trajeto do museu para a praia e R$ 6,00 da praia para a marina.

20170808_145122-01
Um dos decks da praia da Lua

A praia tem partes sem vegetação e partes que parecem estarmos dentro da floresta. A cor da água é escura, por se o rio Negro. Em época de seca, pode ocorrer de ter a presença de jacarés.

No local tem alguns quiosques com estrutura de comida e bebida, entretanto,  a maioria das barracas só aceitam pagamento no dinheiro.

DCIM104GOPRO
Nós e a praia, reparem na cor da água
DCIM104GOPRO
Vendo o horizonte
DCIM104GOPRO
Curtindo o visual e a tranquilidade
DCIM104GOPRO
Cerveja faz referência ao Caprichoso, que é o Boi-Bumbá Caprichoso, representado pela cor azul. Disputa com o Boi Garantido competição anual no Festival Folclórico de Parintins.
DCIM104GOPRO
Bonito né viajantes?
DCIM104GOPRO
Puro descanso
DCIM104GOPRO
Em meio a vegetação
Mercado Municipal 

Chamado de Adolpho Lisboa ou Mercadão, está localizado no centro da cidade, bem na frente do porto principal. É um dos locais mais visitados de Manaus.

É composto por várias lojinhas que vendem produtos típicos manauaras e lanchonetes com quitutes e refeições típicas. Aproveitem para conhecer a erva Jambu!

Feira Municipal Manaus Moderna

Para quem quer comprar frutas, super compensa ir a feira municipal, a poucos metros  do Mercadão. O local é bem simples, mas tem preços convidativos e muitas variedades.

Teatro Amazonas

É um dos mais belos teatros do Mundo, está localizado no largo de São Sebastião (centro de Manaus). Inaugurado em 1896, é fruto da riqueza da época do ciclo da borracha.

IMG-20170920-WA0046-01
Teatro Amazonas

Tem uma arquitetura belíssima cheia de detalhes e com vasta programação anual, desde peças, consertos e shows.

20170805_194151-01
Parte interna do teatro

Existe a possibilidade de fazer visita guiada e em alguns dia da semana, a entrada é gratuita, assistimos uma apresentação de orquestra manauara (totalmente gratuita). No Teatro tem uma pequena cafeteria, muito bem decorada, mas com poucas opções de quitutes.

Praia de Ponta Negra

A Praia de Ponta Negra fica próxima a Marina do Davi, em que pese ser possível ir andando, recomenda-se pegar ônibus ou outra forma de transporte. É uma praia criada artificialmente, sendo a única praia urbana de Manaus.

20170807_173331
Pôr do sol

A praia tem uma grande particularidade, embora seja de visita pública, todo os dias às 17h, passa um grupo de guardas-municipais pedindo para que as pessoas saiam da água, uma pelo fato de que a maré aumenta e tem muita incidência de afogamentos, dois, por conta dos jacarés, principalmente na época de seca.

No geral, todas as pessoas saem da água, porém quem fica, os guardas advertem que a pessoa está ‘por sua conta e risco’. Ao longo da praia, tem placas explicando sobres os horários indicados para banho.

A noite na praia, no período do mês de agosto, ocorre um festival folclórico muito interessante, repleto de apresentações e comidas regionais. A entrada é gratuita.


Planeje a sua viagem

Gostou das nossas dicas? Acompanha nosso blog? Ama viajar? Se sim, para todas as perguntas, rs, faça as reservas de sua próxima viagem através de nossos aplicativos parceiros de hospedagem!

Você não paga nenhum valor a mais por isso, na verdade você recebe desconto e nós ganhamos uma pequena comissão.

  • Reserve seu Hotel no Booking, somente para novos hóspedes.  Por esse aplicativo receba R$ 50 se reservar e se hospedar, pelo link.
  • Reserve sua Acomodação no Airbnb.  Por esse aplicativo receba R$130,00 em créditos de viagem quando se cadastrar  pelo link. Somente para novos hóspedes do Airbnb.

 Talvez você possa gostar de ler sobre:

 

22 comentários Adicione o seu

  1. Maiara Barbosa disse:

    Adorei essas dicas! Manaus é uma cidade com uma diversidade tremenda, não?! Tô me programando para conhecer ano que vem e já anotei todas as dicas aqui! =)

    Curtido por 1 pessoa

  2. Adorei as dicas. Vou pra Manaus em setembro e o post for de grande valia. Teatro Amazonas e Mercadão municipal faço questão de conhecer. Gostei as praias de rio, mas fiquei com medo de encontrar um jacaré pelo caminho rsrsr…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Encontrar Jacaré realmente é um fato que pode acontecer nas épocas de seca..kkk, mas se você estiver na praia em horários mais comerciais e com grande movimentação de pessoas a chance é quase inexistente.

      Curtir

  3. Sil Mendes disse:

    Adorei seu post porque ando planejando passar um tempo conhecendo essa região. Quero muito conhecer essas praias que parecem ser bem diferentes das que costumamos ir, além é claro de fazer questão de visitar Teatro.

    Curtido por 1 pessoa

    1. São super diferente, a começar pela cor da água, mas vale a visita, fora as contemplações que são incríveis!

      Curtir

  4. Liany Garves disse:

    Fui pra Amazonia um pouco antes de vocês rs, em Julho…mas seguimos um esquema diferente e praticamente não fiquei em Manaus. Adorei ler o seu relato e sobre as coisas pra fazer lá. Queria muito ter conhecido o Museu e a trilha ecológica, e com as suas dicas vi como é fácil e barato fazer essas coisas. Eu amei a Amazônia e já queria voltar, agora tenho ainda mais motivos!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Wagner Nogueira disse:

    Conheci muito pouco de Manaus quando visitei, mas já estou louco pra voltar. O Teatro Amazonas foi o ponto alto da minha viagem pelas terras manauaras. Eu não sabia que os hotéis eram antes outras coisas heheh e que tinham sido reformados para virarem hotéis. É realmente uma boa idéia né! Gostei muito de vocês colocarem como chegamos na cidade saindo do aeroporto, por falta de informação acabamos sempre pegando táxi, e as vezes tem opções super boas e baratas.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Erik Trovão Diniz disse:

    Adorei estas dicas de Manaus!! Não fazia ideia da existência destes museus! Amei a vista da floresta a partir da torre e a possibilidade de conhecer mais da história dos seringueiros! Até já havia ouvido falar destas praias do Rio Negro, mas de uma praia artificial no meio de Manaus? Nunca!!! Confesso que iria ficar com medo dos jacarés! Rsrsrs

    Curtido por 1 pessoa

    1. Dá um medinho mesmo de se deparar com o Jacaré hauahuaha

      Curtir

  7. Gabi Rodrigues disse:

    Fui pra Manaus em fevereiro desse ano e amei tudo o que vi e vivi por lá. AMEI o MUSA, foi uma ótima surpresa em Manaus ver todo aquele verde das copas das árvores mas nao fiz a visita guiada e não acredito que não conheci o Museu do Seringal…deve ser realmente muito interessante.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Museu do Seringal é incrível, você já tem um motivo para retornar ao Mundo Verde!

      Curtir

  8. Sou apaixonado por esse lugar. é incrível como os turistas brasileiros ainda visitam muito pouco essa região. confesso que quando fui nao tinha muita expectativa, mas voltei admirado com tamanha beleza.

    Curtido por 1 pessoa

  9. Aline Pires disse:

    Deve ser o máximo visitar esse mundo verde, mas confesso que teria medo de entrar nos rios por conta dos jacarés, mesmo que não fosse na seca. Adorei tudo, deu vontade de conhecer os pontos e atrações citados.

    Curtido por 1 pessoa

  10. Aninha Lima disse:

    Nossa, nunca tive vontade de conhecer, Pra ser sincera… mas vi alguns posts e agora não paro de pesquisar sobre! Achei esse post ótimo, bem completo! O Musa me encanta muito, assim como as praias

    Curtido por 1 pessoa

  11. Livia Melo disse:

    Manaus é super exótica e um destino que estou ansiosa pra conhecer! Linda a praia da Lua, mas fiquei um pouco tensa com a questão do jacaré!! Vocês chegaram a ver algum? Obrigada!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s